Elétrons livres

Um condutor elétrico é um corpo que permite movimentação de cargas elétricas.

A movimentação de cargas elétricas num condutor depende de partículas denominadas "portadores de cargas", como os elétrons e os íons, dependendo do estado físico do condutor.

Estado Físico Portadores de carga Exemplo
Plasma íons (+) e elétrons (-)  raios; arcos elétricos; tela de TV; raios; lâmpadas fluorescentes; etc
Gasoso íons (+) e elétrons (-) gás ionizado
Líquido íons(+) e íons(-) Água do mar; soluções iônicas
Solido

"elétrons livres"

condutores metálicos; semicondutores

Elétrons livres

"Elétrons livres" são os portadores de carga nos condutores metálicos.

Nos metais, os átomos que formam a rede cristalina - característica das ligações metálicas - perdem elétrons, tornando-se íons (+). Os elétrons que se libertam passam a se movimentar caoticamente com muita liberdade por toda rede, formando uma espécie de mar de elétrons ao redor dos íons (+).

Estes elétrons, que não mais pertencem a um único átomo, são  os "elétrons livres" que se ficarem sujeitos a um campo elétrico externo se movimentam em função da força elétrica deste campo.

Na prata, por exemplo,  os íons Ag+ formam a rede cristalina do sólido ocupando posições fixas e os elétrons livres se movimentam, caoticamente, para todas as direções .O número de elétrons livres num metal é imenso.

Num fio de cobre tem-se cerca de 8,5 x 1022 elétrons livres/cm³ que constituem uma espécie de "mar de elétrons" que se agita entre os íons fixos na rede cristalina.

 

 

Retorno a Pagina Inicial