|  arenitos  |  argilito  |   calcários  |  chert  |  conglomerado  |  folhelho   |  ritmito  |  siltito  |  tempestito   |  turbidito  |

ritmito

Por definição, ritmitos são rochas que apresentam estratificação plano-paralela, que se deve à uma alternância de duas litologias diferentes, formando estratos semelhantes e repetitivos.

Amostra de folhelho, grãos do tamanho argila e estratos finos e paralelos esfoliáveis.

As intercalações mais comuns em ritmitos são: lutito escuro e arenito ou siltito claro. O par claro-escuro compõem a unidade rítmica da repetição. 

A produção de ritmitos deve-se a um ou dois tipos básicos de processos:

Correntes densas de fundo de bacia, de caráter episódico e intermitente (subfluxo ou underflow), sendo que neste caso o par claro-escuro tende a ser gradado (turbidito).

No segundo caso, a camada "clara" anterior é sucedida por uma laminação argilosa escura (milimétrica), de origem pelágica; constituindo os varvitos.

Os outros pares litológicos distintos, ou varves, são representados por folhelho-calcário, siltito-folhelho betuminoso, etc.

Observações - Os ritmitos indicam as condições ambientais na ocasião da formação da rocha. Em alguns casos, podem ser usados como rocha ornamental.

©Fábio Braz Machado