volframita

Foto do Mineral Forma Cristalográfica
 

Cristal de wolframita com calcita

Direções ópticas e cristalográficas

Fórmula Química - (Fe,Mn)WO4
Composição - Tungstanato de ferro e manganês
. 9,0% Mn , 9,0% Fe , 60,6 % W, 21,1 % O. A solução sólida entre o Fe e Mn, gera respectivamente os termos extremos ferberita (FeWO4)e hübnerita (MnWO4) sendo que os termos extremo puros são raros. Algumas vezes contém Ca, Ta, Nb e terras raras.
Cristalografia -
Monoclínico
        Classe -
Prismático

Propriedades Ópticas -
Anisotropia fraca a distinta, cinza ou branco acinzentado

Hábito -
Laminar, colunar, maciço, tabular, granular

Clivagem -
Perfeita em {010}
Dureza -
4-4,5
Densidade relativa -
7,1 - 7,5
Brilho -
Metálico a resinoso
Cor -
Preto (ferberita) e castanho escuro (hübnerita)

Associação -
Pode estar associada a outros volframatos
Propriedades Diagnósticas -
Partição {100} e {102}, 2V grande, uma direção de clivagem perfeita, cor escura, densidade relativamente alta, não risca o vidro. Opticamente difere da esfalerita pela birrefringência e do rutilo pela extinção.
Ocorrência -
Origina-se em diques de pegmatitos e veios ou filões de quartzo, normalmente ligados a corpos graníticos. Ocorre normalmente junto com cassiterita nas últimas fases da cristalização, podendo também associar-se a veios com cobre, manganês, scheelita, fluorita, hematita e rodocrosita.
Usos - Fonte de W.

Mineral Anterior Voltar para Tungstatos Próximo Mineral

©Fábio Braz Machado