samarskita

 

Fórmula Química - (Y,U,Ce,Ca,Fe,Pb,Th,Er)(Nb,Ta,Ti,Sn)2O6

Composição - 
16,81 % REE2O3, 7,53 % Y2O3, 18,01 % UO2, 14,74 % Ta2O5, 35,46 % Nb2O5, 7,99 % Fe2O3, 5,93 %  Y, 15,88 %  U, 12,07 %  Ta, 24,79 %  Nb,  5,59 %  Fe 

Cristalografia -
Ortorrômbico
        Classe -
Bipiramidal

Propriedades Ópticas -
Biaxial, metamítica

Hábito -
Cristais prismáticos a lamelares, alongados segundo do eixo c

Foto do Mineral

Cristais de samarskita (azuis) em rocha


Clivagem -
Clivagem {010} imperfeita
Dureza -
5 - 6
Densidade relativa -
5,6 - 5,8
Brilho -
Brilho vítreo a resinoso
Cor -
Azuis, pretos ou marrons

Associação -
Pode estar associada a outros óxidos de terras raras, Nb, Ta, Sn.
Propriedades Diagnósticas -  
Propriedades ópticas, cor, radiatividade moderada a forte e normalmente é metamictica.
Ocorrência -
Ocorre em pegmatitos e granitos.
Usos - É um nióbio-tantalato de ítrio e érbio, no qual o nióbio predomina sobre o tântalo, o ítrio pode ser substituído por cálcio e também pode haver muito urânio, podendo ser utilizado como mineral de minério de U, Nb e Ta.

Mineral Anterior Voltar para Óxidos Próximo Mineral

©Fábio Braz Machado