dolomita

Foto do Mineral Forma Cristalográfica
Cristal de dolomita (centro), envolto por quartzo

Direções ópticas e cristalográficas

Fórmula Química - CaMg (CO3)2
Composição -
Carbonato de cálcio e magnésio. 30,4% CaO , 21,7% MgO , 47,7% CO2
Cristalografia - Trigonal
        Classe - Romboédrica

Propriedades Ópticas -
Uniaxial negativo

Hábito - Romboédrico
Clivagem -
Perfeita {10-11}, com ângulo de clivagem de 73º 45'
Dureza -
3,0 - 4
Densidade relativa - 2,85
Brilho - vítreo a nacarado
Cor -
Róseo, podendo ser incolor, branco, cinzento, verde, castanho e preto

Associação - Pode ocorrer com nitratos, calcita e aragonita.
Propriedades Diagnósticas - A variedade cristalizada distingu
e-se por seus cristais romboédricos curvos e, usualmente por sua cor rósa-carne. A variedade rochosa maciça distingue-se do calcário por sua reação menos intensa com o ácido clorídrico.
Ocorrência - Ocorre principalmente
sob a forma de calcário dolomítico ou mármore dolomítico em porções rochosas extensas, possivelmente formado a partir de calcários pela substitução do cálcio pelo magnésio. Ocorre também como mineral de filão, em veios de zinco ou chumbo em calcários.
Usos -
Pedra de construção e ornamental, corretivo de solos ácidos, fonte de magnésia, usada preparação de revestimentos refratários de conversores, nos processos básicos de fabricação de aço, entre outros.

Mineral Anterior Voltar para Carbonatos Próximo Mineral

©Fábio Braz Machado