diminuir fonteaumentar fonte     Versión en Español
 
   
 
Pós-Graduação em Educação Matemática
imprimir imprimir

Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática

Área de Concentração em ensino e aprendizagem da matemática e seus fundamentos filosófico-científicos

Conceito 5 na CAPES

Teses e Dissertações defendidas - ::C@thedra:: Biblioteca Digital

Banco de Teses da CAPES: Resumos

O Curso de Pós-Graduação em Educação Matemática iniciou suas atividades em 1984 com o Mestrado, implantando o Doutorado em 1993. Seu objetivo é a formação de docentes e pesquisadores em diversas especialidades da Educação Matemática. No contexto de um rico ambiente de pesquisa, de maneira crescente, e seguindo a tendência internacional na área, candidatos a mestres e doutores trabalham, em nosso Programa, em projetos que são parte própria dos projetos maiores, dos Grupos de Pesquisa a que se vinculam. Em outras palavras, pode-se dizer que o modelo de formação baseia-se na idéia de pesquisadores-junior (mestrandos e doutorandos) trabalhando com pesquisadores-sênior (docentes do Programa). Esses trabalhos. as teses e dissertações, se enquadram em Projetos de Pesquisas que pertencem a alguma das cinco Linhas de Pesquisa do Programa. Uma característica importante do Programa, e que tem raízes no processo que levou ao seu surgimento, é o tratamento efetivamente interdisciplinar dos problemas da área, pensando a Educação Matemática em suas dimensões filosófica e epistemológica, histórica e sócio-cultural.  Entende-se que problematizar a própria Matemática ao invés de tomá-la apenas como conteúdo a ser ensinado é uma característica que o distingue de grande parte dos Programas existentes na área. Para tanto, a Matemática, seus modos e agentes de produção, suas filosofias e sua história, seu papel na cultura e na sociedade, todos estes aspectos têm sido objeto de estudo das pesquisas realizadas no Programa. As áreas que compõem o cenário no qual se inserem as preocupações próprias à temática do Programa são examinadas dos pontos de vista didático, epistemológico e sócio-histórico-político. A riqueza desta "mentalidade" que permeia o Programa permite que os trabalhos desenvolvidos tenham impacto em áreas diversas da Educação Matemática, promovendo e facilitando a inserção de nossa produção no cenário nacional e internacional. Visando  intensificar o diálogo interdisciplinar que julgamos fundamental para a vitalidade das pesquisas em desenvolvimento sob esta perspectiva, o Programa promove atividades semanais (seminários) e eventos envolvendo pesquisadores de outras instituições nacionais e estrangeiras.

O Programa conta com várias atividades além das disciplinas. Os Seminários acontecem às terças-feiras, com apresentação de pesquisas em andamento ou Conferência de convidados. É um espaço de discussão sobre teorias, metodologias e demais questões relacionadas à pesquisa em Educação Matemática. É um espaço aberto a toda comunidade. Temos também os Grupos de Pesquisa  coordenados por diferentes docentes do Programa. Cada Grupo tem sua sistemática de trabalho e a aceitação em um grupo nem sempre está vinculada à participação do orientador neste grupo. Além disso, há festas e reuniões culturais para aproximar ainda mais o corpo docente e discente. A revista BOLEMA é um espaço para divulgação de pesquisas desenvolvidas no âmbito do Programa e também de pessoas convidadas.

Informações para critério de seleção de alunos e regulamento do Programa podem ser encontrados na Seção de Pós-Graduação do IGCE.

Conselho do Programa para o triênio 2010-2013


[ Contato]